Encontro com Fátima Bernardes: 11/07/2012 – Crianças desaparecidas inspiram autora para trama de ‘Amor’

Divulgação Rede Globo

Encontro tem conversa sobre crianças desaparecidas (Foto: Encontro com Fátima Bernardes/ TV Globo)Encontro tem conversa sobre crianças desaparecidas (Foto: Encontro com Fátima Bernardes/ TV Globo)

Elizabeth Jhin, autora da novela Amor Eterno Amor, bate um papo sério sobre crianças desaparecidas. Para escrever a história do desaparecimento de Rodrigo, interpretado por Gabriel Braga Nunes, ela se inspirou nas histórias de mães que sofrem com o sumiço dos filhos, mas nunca param de procurar. O jornalista esportivo Clayton Conservani, que protagoniza o quadro Planeta Extremo no Fantástico, conversa sobre os desafios de quem vive no limite do perigo. Clayton sempre gostou de fazer reportagens de aventura e fala sobre o assunto com a autoridade de quem já escalou o monte Evereste, a montanha McKinley e atravessou a pé mais de 200 quilômetros pelo deserto do Saara. A atriz Denise Fraga viaja no tempo e revisita o bairro onde nasceu, Lins de Vasconcelos, no subúrbio do Rio de Janeiro.

:globo:
ENCONTRO COM FÁTIMA BERNARDES
HOJE – 10h30

15 comentários sobre “Encontro com Fátima Bernardes: 11/07/2012 – Crianças desaparecidas inspiram autora para trama de ‘Amor’

  1. Acho que quando aparecem em programas e novelas as fotos das crianças desaparecidas, deveriam colocar a data do desaparecimento. Só assim poderemos imaginar como estará esta pessoa quando depararmos com ela nas ruas.

    • Parabens Fatima. Gostei de tudo em seu programa ate agora.Realmente,e um grande encontro com quem admira seu trabalho! Sucesso!!!

    • Percebe-se, você escreve tão bem quanto o Tiririca fala, o programa da Fátima é para pessoas úteis e não fúteis.

  2. Oi Fátima,sinto muito em não poder assistir seu programa pois é na hora do meu trabalho.Gosto desse tipo de programa e muito da apresentadora também.Desejo tudo de bom,sucesso!!!!!

  3. Fátima, realmente o programa ainda não está aquela Brastemp, mas como diz o velho ditado. Onde reluz é ouro, acredito nisso. Por onde você passa faz sucesso. É um desafio. Boa sorte!!!!

  4. Fátima, realmente voce prova a sua capacidade. Eis uma grande mulher,soube e descobriu como fazer um programa que agrada a todos expectadores. Que Deus te ilumine e proteja a cada dia.beijos.

  5. Ola amigos e amigas!
    Eu vou tenta conta a estória desta menina que eu amo tanto.
    Ela escreveu esta carta com lembranças de infância, meu nome e Francilda tenho 39 anos sou separada tenho dois filhos atualmente moro sozinha em porto velho Rondônia há dois ano estou criando coragem para escrever esta carta, o motivo que lhe escrevo e para te pedir por favor me ajuda a encontrar o meu pai biológico.meu nascimento e um mistério,quando pequena me lembro muito bem como se fosse agora de uma mulher bonita cabelos longo e negros lisos pele morena clara magra em uma casa que ate então eu era muito feliz e muito querida por todos.um certo dia essa mulher me convidou para ir ao circo e me falou para eu pular a janela e espera La na esquina próximo a minha casa penso que nessa época eu deveria ter 4 ou 5 anos porque me lembro bem desse dia acabei aceitando esperando na esquina,quando der repente ela veio ao meu encontro correndo e entramos num ônibus e dali fomos para sua casa.e ai eu perguntei tia nos não íamos para o circo e ela respondeu não nos vamos para minha casa, ao chegar em sua humilde casa tinha um homem sentado do lado de fora e eu disse,bênção tio e ele respondeu tio não de hoje em diante eu sou seu pai e ela me disse e eu sou sua mãe.seus nomes Antonio Caetano de oliveira ;aparti dali eu vivi momentos de terror ;os dois me suporta todas crueldades que um adulto pode fazer com uma criança; como:violência;agressões com palavras e físicas .assim que fui para a companhia deles; eles se casaram ;segundo ela que dizia ser minha mãe o nome dela de solteira era Neuza Alves chagas ;e depois de casada passou a se chamar aglaci chagas de oliveira;;e me registraram como sua filha onde com o nome de francilda chagas de oliveira ; logo após vemos para Rondônia; quando completei 25 anos descobri que o Antonio não era meu pai biológico dai então comecei a fazer muitas perguntas para minha mãe sobre o meu pai biológico ela ficava muito nervosa; e morreu e levou esse segredo com ela.e não deixou nenhuma pista .depois da sua morte meu padrasto me fez algumas revelações como:nos meus documentos tudo que consta e falso e que minha suposta mãe nunca contou.
    COMENTARIOS
    Eu e meus irmãos não conhecemos nem um parente da minha suposta mãe descobri que os documento dela e falso na certidão dela os seus pais o nome e Antonio Gonçalves chagas e Maria de Jesus Alves chagas os dois natural do ceara.outro fato entereçante que a Francilda lembra que antes de ser levada,ela era cuidada por três moças que brigava para cuidar dela.outro relato importante que a Francilda lembra um dia que a suposta mãe dela estava na pia lavando lousa ela entrou e falou mãe eu encontrei meu pai e descobri toda a verdade a meu respeito ela se assustou e deixou o copo cair,ficou calada por us estante e em seguida revelou que ela nunca iria encontra o seu pai ai ela perguntou porque? você o matou ela ficou calada

    Att,

    Ednilson Alves
    Cel.:

O que achou da notícia? Aproveite pra deixar sua opinião. Todos os seus comentários vão aparecer no twitter @ComentariosTTV.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s